ITAMARAJU : Acusado de bárbaro crime é preso, mulher suspeita também é detida


Polícia Civil de Itamaraju identifica, localiza e prende em flagrante os autores do latrocínio consumado praticado em desfavor da vítima Benedito Gonçalves Doria ocorrido na  madrugada desta quarta-feira*
Por volta das 09h00, a polícia civil de Itamaraju foi informada sobre uma ocorrência de homicídio ocorrido no bairro Liberdade, Itamaraju/BA.
No local a vítima identificada como sendo Benedito Gonçalves Doria de 54 anos foi encontrada com perfurações de arma branca e com o órgão genital decepado. Também foi constatado que foi subtraído objetos de propriedade da vítima que morava sozinha.
Incialmente foi expedida guia de remoção/necropsia e foi feito local de crime, momento em que familiares e vizinhos foram conduzidos à DT para prestar declarações.
Uma testemunha disse que ouviu gemidos de Benedito Gonçalves por volta das 03:00h da manhã, todavia ficou com medo e preferiu não sair de casa para verificar o que havia ocorrido.
Os investigadores da DT de Itamaraju, desde o conhecimento do fato, empreenderam diligências no sentido de identificar os autores do crime, bem como esclarecer a motivação.
Durante as diligências, que perduraram durante toda a tarde e início da noite, os investigadores obtiveram informações de que Valdinei, vulgo “Ney, estaria vendendo um rádio em via pública que havia sido roubado na casa da vítima.
Após a identificação e localização do nacional Valdinei Jesus dos Santos, vulgo “Nei”, também foi possível localizar a nacional  Eliane de Jesus Oliveira de 25 anos de idade, tendo esta confessado aos investigadores que estava na companhia de seu amigo de “goró” Valdinei Jesus dos Santos, vulgo “Nei”, e que haviam bebido muito juntos, quando passaram pela rua e visualizaram o portão da casa da vítima aberto, momento em que resolveram entrar na residência para roubar.
Segundo Eliane, ela e seu comparsa Valdinei, vulgo “Nei”, já tinham conhecimento de que Benedito morava sozinho, razão pela qual decidiram praticar o roubo.
Ao adentrar na residência, se depararam com a vítima que tentou reagir, porém, Valdinei, de posse de um pedaço de pau, desferiu uma paulada na cabeça da vítima que imediatamente caiu no chão. Em seguida, Eliane começou a recolher bens pertencentes a Benedito, sendo eles um relógio, um rádio e duas sacolas de mantimentos, enquanto seu comparsa Valdinei continuava agredindo a vítima caída no chão.
Quando Eliane retornou com os objetos, a vítima Benedito já se encontrava no chão sangrando, momento em que saiu com “Nei” e foram embora, sendo que Eliane foi para sua casa e “Nei” para a casa dele onde passaram o restante da noite.
Ao amanhecer, Eliane foi até a casa de Valdinei, vulgo “Nei”, entregou o rádio, o relógio e os mantimentos para vender. O relógio foi vendido por R$ 10,00 (dez reais) e os mantimentos por R$ 20,00 (vinte reais). Segundo Eliane, a intenção era roubar e não matar.
Eliane de Jesus Oliveira e Valdinei Jesus dos Santos foram presos em flagrante pelo crime de Latrocínio consumado cuja pena máxima pode chegar a 20 anos. Os dois serão recambiados para a carceragem da 8ª Coorpin em Teixeira de Freitas onde permanecerão à disposição da Justiça.
Por ASCOM/PC