Geração de emprego e investimentos no esporte são prioridades de João Roma


 O Candidato a deputado federal pela coligação “Unidos para mudar a Bahia”, João Roma (PRB) tem como compromisso defender uma nova política que garanta o desenvolvimento econômico, a geração de emprego e oportunidades para os jovens do estado da Bahia e do Brasil.

Trabalhar com proximidade à população e ouvir com atenção as demandas do povo é uma das características de João Roma, ex-chefe de gabinete do prefeito ACM Neto, e fez das ruas de Salvador o melhor gabinete da Prefeitura, participando diariamente das ações e obras nos 163 bairros da capital baiana.

Preocupado com o grande índice de desemprego que atinge milhões de brasileiros, Roma pretende, se eleito, atuar no Congressos Nacional para que sejam geradas vagas de trabalho não só na Bahia, mas em todo o país.

“Um dos meus grandes desafios é mudar esse cenário e fomentar a renda para resgatar a autoestima dos brasileiros. Infelizmente, esse é um dos mais alarmantes reflexos da crise econômica que atinge nosso país. Não podemos permanecer inertes diante de uma realidade que humilha nossa gente e afunda cada vez mais a nossa economia”, destacou João Roma.

Bacharel em Direito, João Roma dispõe de experiência de luta na militância jovem e durante sua atuação na Prefeitura de Salvador, onde conheceu e priorizou serviços às comunidades, principalmente às mais carentes da capital. Diante dessa experiência, Roma diz ter uma atenção especial em prol do esporte e da juventude.

Acreditando que por meio do esporte seja possível garantir não apenas o espírito competitivo, mas o estímulo ao desenvolvimento coletivo, Roma pretende buscar investimentos para este setor caso seja eleito deputado.

“O que percebo bastante, especialmente na periferia de Salvador, é que as pessoas desenvolvem projetos dedicados ao esporte nas comunidades, quase que sem recurso, mas com muita boa vontade e dedicação, a fim de garantir oportunidade aos jovens talentos que passariam despercebidos sem esse esforço. Portanto, é necessário que haja um comprometimento com o suporte à essas escolinhas de formação esportiva e com a manutenção e modernização dos equipamentos esportivos, sobretudo nas regiões mais populosas para assistir quem mais precisa”, avaliou João Roma.

Texto: Agência PRB Nacional