Emoção: Policiais militares realizam festa de aniversário de garotinha fã da PM


Teixeira de Freitas: Um grupo de Policiais Militares lotados nas seguintes Companhias: 87ª CIPM de Teixeira de Freitas; 89ª CIPM de Mucuri, 44ª CIPM de Medeiros Neto e RONDESP/Sul, realizou um sonho de uma garotinha de apenas 04 anos de idade, que demonstra um carinho e afinidade de forma muito especial, pela instituição da Polícia Militar, mesmo com a pouca idade que a mesma tem, pois, a pequena garotinha, além de falar o tempo inteiro que, quando crescer, irá ser uma policial, ela fica toda eufórica quando ver uma viatura, ou algum policial fardado, e sai correndo querendo cumprimentar, e se caso tiver oportunidade, ela abraça e fala que quando crescer irá ser uma policial também.

Esse grupo de Policiais, sabendo do sonho desta criança, e da história de vida dela, resolveu fazer uma festinha surpresa para a pequena Helena Sophia Alves Nascimento, que completou 04 anos, neste sábado (23), que é moradora da Rua Curitiba, na área Central da cidade de Teixeira de Freitas. A pequena “Sophia” é cuidada por uma tia desde um mês de idade, tia essa que hoje já tem a sua guarda definitiva, e tem a mesma como uma filha biológica, com toda atenção e carinho que a mesma precisa.

Os PMs que organizaram a festinha para a pequena “Sophia” tiveram o apoio do Comandante Major Silvio Nunes, que liberou os seus comandados, e as viaturas para realizar o sonho da mesma, e tiveram ainda o apoio dos membros da Igreja “Presbiteriana Renascer”, que cederam o local e ajudaram na ornamentação da festinha, que contou com a participação dos familiares, coleguinhas e vizinhos da aniversariante, claro, além dos Policiais Militares.

Os policiais que participaram da organização da festinha destacaram que para todos foi uma grande satisfação poder realizar o sonho da pequena “Sophia”, que com os seus pequenos gestos, transmite o mais puro sentimento que vale a pena vestir todos os dias as suas fardas, deixando as suas famílias, sem saber se irão voltar ao final dos seus plantões para o leito familiar. Que mesmo sabendo que eles são os únicos profissionais que não podem errar, pois existe uma sociedade que diferencia esta profissão de todas as outras.

Essa foi uma forma de poder mostrar para a pequena “Sophia”, e para todos de forma geral, que a instituição da Polícia Militar, não se resume apenas em uma profissão, ou em uma farda que se veste para trabalhar, mas, sim, em  uma instituição que todos são uma única família, no qual, um cuida do outro, colocando até mesmo a sua própria vida em risco. E que policiais também são seres humanos como qualquer outra pessoa, sendo que, quem tem que temer a esta instituição policial são aqueles que vivem às margens da Lei.

Eles finalizaram dizendo: “Temos orgulho de sermos Policiais Militares, e poder participar da realização deste sonho desta pequena garotinha foi uma satisfação incomparável, pois, a maioria de nós (Policiais), um dia também sonhou como a pequena “Sophia” em poder vestir uma farda, e poder combater o crime, não como um herói, mas como um soldado, lutando em defesa da sua Pátria, para o bem comum de uma nação.

Por: Cloves Neto/Liberdadenews