Despedida de menina morta em acidente na BR 101 é marcada por emoção


meninad-1200x545_c

A despedida da menina Manoela Grijó Cordeiro, de 4 anos, foi marcada por muita emoção e tristeza na manhã desta terça-feira (9). A criança, que foi velada em uma igreja Batista, em Campo Grande, Cariacica, morreu junto da avó Elisange Cordeiro, 48 anos, e da tia Letícia Cordeiro, 21 anos, em acidente na BR 101 nesta segunda-feira (8), na altura do quilômetro 316, em Xuri, Vila Velha.

Apenas Manoela foi velada no Espírito Santo. As duas outras vítimas foram levadas para Ipatinga-MG, onde serão enterradas.

O ACIDENTE

Duas mulheres e uma criança morreram em um acidente no quilômetro 316, da BR 101, em Vila Velha, por volta de 5h30 da manhã desta segunda-feira (8). Inicialmente, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que uma das vítimas era um bebê, mas depois confirmou a morte de uma menina, de 5 anos.

Ainda de acordo com informações da PRF, o Fiat Uno, placas de Ipatinga (MG), onde estavam as vítimas, seguia no sentido Guarapari/Viana e a carreta no sentido contrário. O veículo de passeio tinha acabado de passar por uma curva, quando continuou por um trecho com terceira faixa. Nesse momento, a motorista perdeu o controle, invadindo a contramão e atingindo de frente o caminhão carregado com eucalipto.

Na batida, o carro partiu ao meio, capotou e foi parar em uma ribanceira às margens da pista. A PRF informou as mulheres eram tia, 21 anos, e avó, 48 anos, da menina de 4 anos. Todas morreram na hora. (A Gazeta)