Custo hospitalar com o jovem acidentado, Rafael Menezes, chega a quase R$ 80 mil


O gasto hospitalar com jovem acidentado, Rafael Oliveira Menezes, de 20 anos, chega a quase R$ 80 mil. A vítima está internada na UTI do hospital Sobrasa de Teixeira de Freitas.

Na tarde desta terça-feira, 9 de janeiro, conversamos com Patrícia Bento Oliveira, tia da vítima, que falou sobre o acidente e o estado de saúde do jovem.

Segundo Patrícia, Rafael continua na UTI do Hospital Sobrasa e já tomou 12 bolsas de sangue. No dia 7, os médicos retiraram o tubo respiratório e sedação, mas, o paciente continua sem previsão de alta.

A tia contou que a família não tem mais condições de arcar com as dívidas do hospital, e pediu ajuda, principalmente oração.

Rafael perdeu duas grandes veias da perna, e está com trombose na região da virilha. De acordo com Patrícia, no sábado, 6, o jovem passou por uma cirurgia de amputação e retirou parte do pé.

O acidente

Na terça-feira, 2 de janeiro, Rafael e seu primo João Vitor Menezes, voltavam do trabalho em Prado e seguiam para a Fazenda Guaratiba, onde iam almoçar, quando um carro desgovernado os atingiram.

A tia contou, que o condutor fugiu sem prestar socorro. As vítimas sofreram fraturas expostas, porém, o caso de Rafael foi mais grave, ele fraturou um osso da perna e perdeu muito sangue.

Ambos, foram socorridos para o Hospital Municipal de Teixeira, mas de acordo com Patrícia, o médico que atendeu Rafael explicou que neste caso, era necessário interná-lo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

João Vitor estava na semi-intensiva do Hospital Municipal porque o seu quadro de saúde se agravou. Ele sofreu um trauma no joelho.

O jovem segue internado aguardando melhorias no quadro de saúde para realizar cirurgias.

No próximo sábado, 13, será feito um manifesto em Prado, o motorista do veículo ainda não foi localizado. Também serão vendidas cartelas de bingo para ajudar a pagar o tratamento hospitalar. Interessados em ajudar podem entrar em contato pelo telefone 73 9 9994-6545, falar com Patrícia.

Por Sulbahianews