Brasil fecha 12,3 mil vagas formais no mês de entrada em vigor da reforma


15120444605a1ff7ac7aa4a_1512044460_3x2_md

No mês em que a reforma trabalhista entrou em vigor, o Brasil registrou mais demissões do que contratações. O saldo ficou negativo em 12,3 mil vagas em novembro.

O resultado quebra uma sequência de sete meses consecutivos com saldo positivo. Analistas ouvidos pela Reuters esperavam um saldo positivo de 22 mil vagas.

Os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) foram divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Ministério do Trabalho.

A reforma trabalhista entrou em vigor no dia 11 de novembro e criou novas formas de contratações, como o trabalho intermitente.

A expectativa dos defensores das mudanças é que a nova lei facilitaria contratações e poderia aumentar o número de empregos no país.

Folha de S. Paulo