Rui assina memorando com empresa chinesa para investimento de U$ 7 bi na Bahia


O governador da Bahia, Rui Costa, assinou em Pequim, na manhã desta segunda-feira (13), um memorando de entendimento entre o governo do Estado e a chinesa Easteel. A empresa pretende investir na Bahia U$ 7 bilhões para implantação de um projeto de desenvolvimento integrado que deve gerar mais de 30 mil empregos diretos.

“Vamos trabalhar de forma firme, dedicada e determinada para que esse projeto marque a história da economia baiana e das relações do Brasil com a China”, disse ele.

O projeto contempla a construção de um grande parque industrial integrado, composto por siderúrgica, usina de energia e diversas unidades fabris, a exemplo de uma fábrica de cimento capaz de produzir anualmente 5 milhões de toneladas. Também compõem o planejamento da Easteel a revitalização do Porto de Aratu, com aplicação de sua capacidade de movimentação, e a construção de uma cidade inteligente nas proximidades do parque industrial, para trabalhadores da empresa e seus familiares.

Participaram do ato de assinatura em Pequim cerca de 100 pessoas, entre representantes de grupos empresariais chineses e membros do governo chinês. “Tenho absoluta confiança de que este projeto coloca a Bahia como destino prioritário dos investimentos chineses”, afirmou o embaixador do Brasil na China, Paulo Estivallett de Mesquita, também presente no evento. “Acreditamos no sucesso deste projeto e por isso hoje é um dia inesquecível para nossa empresa”, disse Liangcheng Zhang, CEO do grupo Easteel.

Antes da assinatura do memorando, o governador Rui Costa e a comitiva baiana – formada pelos secretários da Casa Civil, Bruno Dauster; de Desenvolvimento Urbano, Sérgio Brito; e pelo senador Jaques Wagner – participaram de outras duas reuniões com representantes da Easteel, ambas no domingo. Uma delas aconteceu na sede da empresa, quando o governador garantiu a formação de uma equipe técnica do governo do Estado para dar total apoio ao projeto.

A missão baiana em terras chinesas continua nesta terça-feira com dois encontros com empresas interessadas no projeto da Ferrovia de Integração Oeste Leste e na ponte Salvador- Itaparica. Os compromissos no país asiático seguem até a próxima quarta, na cidade de Shenzen.

Prefeitura do Prado segue com obras de pavimentação no Bairro São Sebastião


A Prefeitura Municipal de Prado deu início a mais uma obra de pavimentação. Desta vez, a contemplada com pavimentação foi a Rua Manoel A. Zuque, no Bairro São Sebastião.

A obra prevê a pavimentação em blocos de concreto e passeios de acesso local, ambos pavimentados em 1 metro de largura ao longo de todo o trecho, com o objetivo de melhores condições de trafegabilidade, acesso e comodidade aos moradores.

“É mais uma conquista para a cidade e nós seguiremos em busca de melhorias”, comenta a prefeita Mayra Brito.

As obras de Pavimentação estão sendo realizada pela Prefeitura Municipal de Prado em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Regional e Caixa Econômica Federal, um investimento de R$ 498.013,03. De acordo com a Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, outras ruas também serão contempladas.

PRADO: Polícia Civil cumpre Mandado de Busca e Apreensão do veículo Honda NXR 160 Bross


Polícia Civil cumpre Mandado de Busca e Apreensão do veículo Honda NXR 160 Bross, de cor azul, placa policial PKP 7902.
Depois de realizadas investigações no bojo do Inquérito Policial 127/2017, onde foi Indiciado o Nacional: Pedro Gomes de Souza, como Estelionatário, sendo que a época foram apreendidos um veiculo Hyundai IX35, e uma moto Honda NXR 300, todos adquiridos com dinheiro de fonte ilícita.
Na continuidade dos procedimentos técnico jurídicos, foi Representado pela Busca e Apreensão da Honda Bross, que estava com a ex companheira do Estelionatário citado, sendo que na data de hoje, depois de deferido o pedido do Delegado, a moto foi localizada e recolhida ao Patio da DT.


O veiculo agora ficará a disposição do Juizo Criminal da cidade de Prado.
Processo: 0000546.2017.805.0203

Fazendeiro é preso acusado de furtar energia para usar na plantação de café


Foto: Reprodução – Fazendeiro é preso acusado de furtar energia para usar na plantação de café

O fazendeiro Antônio Carlos Cândido De Souza, 47 anos, foi preso na zona rural de Porto Seguro suspeito de furtar energia elétrica durante três anos para alimentar o sistema de irrigação da plantação de café de sua propriedade, localizada na região do Queimado.

Segundo a polícia, o fornecimento de energia havia sido cortado pela Companhia de Eletricidade Elétrica do Estado da Bahia (COELBA) e, desde então, Antônio Carlos realizou uma ligação clandestina para continuar sua produção.

A situação foi descoberta após denúncia recebida pela Coelba, que acionou a Justiça. Cálculos realizados pela empresa estimam que no período foram desviados cerca de 288.000 kwh de energia elétrica para a fazenda.

Foto: Divulgação/Polícia Civil – Um transformador de 45 kVa foi retirado do local e apreendido.

Antônio Carlos foi preso em flagrante, mas pagou fiança e irá responder pelo crime em liberdade. Após ação da polícia, a linha irregular usada pelo fazendeiro foi desligada e um transformador de 45 kva foi retirado do local.

O furto de energia é crime, sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cuja pena pode alcançar até oito anos de reclusão. Além de representar riscos de acidentes graves à população, a energia furtada é paga por outros consumidores, através do repasse na tarifa de energia, conforme determina a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Policiais militares participam de capacitações técnicas e táticas


Foto: Divulgação/PM – Evento que durou dois dias foi promovido pelo 7ª CIPM

Policiais militares da 7ª Companhia Independente de Polícia Militar, em Eunápolis, participaram da 1ª Instrução de Nivelamento e Conhecimento – INC, ministrada por policiais militares da CIPE Cacaueira. Foram dois dias de treinamento, encerrando nesta sexta-feira (03)  por volta das 19 horas.

Entre os 23 policiais que receberam instrução e treinamento, se destacou o Sd PM SURDI, pelo desempenho durante as instruções e a CB Pfem Bernadete, única mulher a participar.

Foto: Divulgação/PM – Evento que durou dois dias foi promovido pelo 7ª CIPM

A formação, sob o comando do Major Ferreira Lopes, e instrução do 1º Ten PM Fábio Rogério, Cb Sérgio Ramos Leitão, Sd Rezende, Sd Danilo e Sd Altair, teve por objetivo capacitar os policiais  para serviço ordinário em situações críticas, atualizando os conhecimentos sobre técnicas de abordagem e emprego de força.

Durante os dois dias, os policiais militares foram instruídos sobre técnicas e táticas policiais aplicadas em zona urbana e em zona rural, como abordagem a veículos; armamento, equipamento e munição utilizados na unidade; patrulhamento policial urbano a pé; tiro tático policial e patrulhamento rural.

Momento adverso: UFSB divulga nota sobre corte de 38% no seu orçamento


Diante da informação que o Ministério da Educação (MEC) ‘cortou’ 38% do orçamento de custeio e capital, a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), com reitoria em Itabuna e campi nas cidades de Teixeira de Freitas e Porto Seguro, acaba de divulgar uma nota informando que diversas atividades estão comprometidas, como pagamento de água, energia elétrica, bolsas de iniciação científica e extensão, contratos de pessoal terceirizado, limpeza, vigilância, motoristas,  aquisição de equipamentos para equipar salas de aula e laboratórios. “São despesas sem as quais a universidade terá muita dificuldade em manter suas atividades”.

“A UFSB é uma universidade muito jovem, com menos de cinco anos de funcionamento. Isso faz com que haja necessidade de um aporte grande de investimentos em infraestrutura. No momento, temos três obras em andamento nos nossos três campi: Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas. Em razão do corte, há o risco concreto de sermos obrigados a paralisar essas obras, o que implica em enorme prejuízo pois, ao interromper os contratos, além dos atrasos no planejamento institucional, a universidade será obrigada a arcar com pesadas multas para as empresas contratadas, além da deterioração das obras quando de sua futura retomada”, informa.

A UFSB possui hoje um quantitativo de cerca de 4.500 alunos, incluindo os que ingressaram em 2019. “As obras em processo são de fundamental importância para a consolidação dos cursos que já estão em andamento, além de outros que planejamos ofertar. Ao lado das atividades de ensino de graduação, temos hoje 4 programas de Pós-Graduação stricto sensu e 6 programas lato sensu que atendem uma quantidade significativa de pessoas que precisam dessa formação”.

E segue: “No cenário atual, a situação exige que medidas sejam adotadas para garantir o funcionamento da Universidade. Para isso, a gestão superior da UFSB comunica que está trabalhando em conjunto com as demais Instituições Federais de Ensino Superior, a fim de ter melhores condições de detalhar a situação delineada, que a todas afeta. Há algum tempo, temos alinhado ações coletivas em defesa da universidade pública, patrimônio de toda a sociedade brasileira”.

E completa: “Ainda que as notícias sejam desanimadoras, a Reitoria está imbuída, com vigor máximo, pela manutenção de nosso trabalho cotidiano nas melhores condições possíveis. E reafirma seu compromisso com a defesa intransigente da nossa Universidade, comprometendo-se a desenvolver todos os esforços para que as atividades prossigam, mesmo que algumas medidas sejam necessárias para lidar com esse momento adverso pelo qual passam as universidades federais no Brasil.  Com isso, confirmamos nossa compreensão de que um país que não investe em educação está fadado aos retrocessos sociais e econômicos. E conclamamos a comunidade acadêmica a manter-se unida neste e em todos os momentos em favor do coletivo”. (Por Ronildo Brito)

PRADO | CAEMA prende acusados com drogas e moto roubada


Uma ação da CIPE – Mata Atlântica (antiga CAEMA), possibilitou recuperar uma motocicleta roubada, também a localização de drogas prontas para a comercialização, no distrito de Cumuruxatiba, neste domingo (05).

Rondas rurais eram realizadas em estradas do município de Prado, quando uma guarnição avistou duas motocicletas em atitude suspeita, os condutores das motos foram abordados. MESSIAS PEDREIRA CONCEIÇÃO ocupava a primeira moto uma Honda pop 100 preta, que apresentava identificações adulteradas, mas ao consultar o serviço de informações da polícia foi identificado uma restrição de roubo. Na outra motocicleta uma Suzuki azul estava ELENILSON SOUZA BATISTA FILHO, que portava uma mochila, sendo localizado em seu poder 33 buchas de maconha, 106 pinos de cocaína e uma pequena importância em espécie

Os acusados foram conduzidos, junto com o material para a delegacia de Polícia Civil de Itamaraju, atendendo o plantão regional, onde os dois foram autuados em flagrante.

Policiais da 88ª CIPM prendem acusado de tráfico de drogas no Distrito de Canta Galo em Alcobaça


Alcobaça: Policiais do PETO da 88ª CIPM estavam e ronda pelos distritos do município de Alcobaça, na noite desta quinta-feira, 02 de maio, quando ao chegarem no distrito de Canta Galo, avistaram dois suspeitos em uma motocicleta. O carona percebeu a proximidade da viatura, pulou da motocicleta, e correu para uma área de vegetação, tomando rumo ignorado, já o piloto, tentou se evadir, mas foi interceptado e abordado. Trata-se de Celso da Conceição Freitas, 25 anos, que já tem passagem policial.

Com o acusado foi encontrado 17 papelotes de cocaína, que estavam em um dos bolsos, e o valor em espécie de R$ 20,00 (vinte reais). Já a motocicleta, que estava sem placa, e com a numeração do chassi suprimida, segundo o suspeito, ela teria sido adquirida em um leilão. Por não haver condição de transportar o veículo, a moto ficou no local da abordagem. O acusado (Celso), que já tem passagem por assalto e tráfico, foi conduzido para Sede da 8ª COORPIN, em Teixeira de Freitas, onde foi apresentado para delegado plantonista, Júlio Telles.

O delegado, após oitiva, flagranteou o acusado por tráfico de drogas, sendo ele conduzido para a carceragem da 8ª COORPIN, onde se encontra à disposição da Justiça.

Perseguição de policiais a ciganos após morte de PM é investigada


A perseguição a uma comunidade cigana em Jeremoabo, no nordeste baiano, após a morte de um policial militar durante uma discussão com ciganos em um bar, é investigada pelo Ministério Público Federal (MPF). O crime ocorreu no dia 2 de novembro de 2017.

Na época, dois ciganos também morreram. Um inquérito instaurado pela Polícia Civil investiga o motivo da morte do policial José Bonfim Lima, além dos assassinatos dos ciganos Lwillys Messias da Silva e Donizete Alves da Silva.

De acordo com o órgão federal, em março do ano passado foi instaurado um procedimento preparatório que apura supostas perseguições à comunidade após o episódio. As informações estão em uma portaria assinada pelo procurador da República Edson Abdon Peixoto Filho, publicada nesta sexta-feira (3).

Suspeitos de matarem o policial, Jelson da Silva, o “Gelson Cigano”, os filhos dele, Bruno Jordão Matos da Silva e Rogério Matos da Silva, além de Cosme de Jesus Silva e Carlos Daniel dos Santos Lima, foram presos em um imóvel do bairro Saudade II, em Castanhal,  no estado do Pará. Com eles, os policiais encontraram duas armas de fogo e cerca de R$ 28 mil em espécie.

Testemunhas relataram para polícia que o PM José Bonfim Lima brigou no bar com os filhos de Jelson, mas o pai dos rapazes não estava no estabelecimento. Houve luta corporal e um dos homens tomou a arma do policial, fugindo em seguida. Portando uma segunda arma, José foi à casa de Jelson e dos filhos. Houve troca de tiros e o policial que estava na corporação há 14 anos morreu.

À reportagem, a assessoria da Polícia Militar informou que todas as medidas penais e administrativas foram adotadas pela unidade operacional que detém a responsabilidade pela área de atuação no município de Jeremoabo. Acrescentou ainda que a corporação coloca-se à disposição do colegiado do MPF para colaborar no que for possível e necessário para cumprir o mister constitucional do procedimento instaurado. (Informações: Bocão News)

Prefeitura de Prado inicia mais uma obra de pavimentação no Bairro Alameda do Atlântico


Melhoria nas ruas beneficiarão moradores do Bairro Alameda do Atlântico, levando mais qualidade de vida.

A prefeita do Prado, Mayra Brito, e os vereadores, Dr. Anderson, Robério, Robertinho e o secretário de Obras e Serviços Urbanos, Marcos Mafra, estiveram no bairro Alameda do Atlântico, popularmente conhecido como “Portelinha”, nesta quinta-feira (02),  para acompanhar as obras de pavimentação que estão sendo executadas nas ruas.

“Estamos monitorando de perto as obras em toda a cidade. Queremos nos assegurar que elas estão sendo feitas dentro do prazo e com qualidade. Estamos priorizando as obras no Alameda do Atlântico, nós entendemos a importância de garantir qualidade de vida e o direito de ir e vir dessa comunidade”, declarou Mayra Brito.

Satisfeito com que viu, o vereador Dr. Anderson lembrou que a aplicação da pavimentação é uma das intervenções mais solicitadas pela população. “A pavimentação urbaniza e devolve dignidade à população. Fico contente em ver que a obra está sendo realizada é o sonho de muitos”, destacou.

A obra de pavimentação de ruas do bairro Alameda do Atlântico é uma reivindicação antiga da população que, por muito tempo, sofreu com a lama, nos períodos chuvosos, e com a poeira, nos períodos de seca. Para o aposentado José Almeida, a obra é sinônimo de alívio. “Os moradores estão gostando muito, foi uma das promessas da prefeita e agora está se cumprindo. Não aguentávamos mais a poeira que entrava na nossa casa”, contou o aposentado.

De acordo com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Urbanos, a obra de pavimentação do bairro Alameda do Atlântico faz parte de uma emenda do Deputado Federal Mário Negromonte Júnior,  via governo do Estado(CAR) e onde alcançará também outros bairros.