Aids matou 43 pessoas em 2017 no Extremo Sul e Sul da Bahia. 09 óbitos foram em Teixeira de Freitas


 

maxresdefault

Teixeira de Freitas e Porto Seguro no extremo sul e Ilhéus no sul da Bahia, foram os municípios que mais notificaram casos de morte de pessoas com aids, no período de 1º de janeiro a 18 de dezembro de 2017, segundo os dados da Superintendência e Vigilância e proteção da Saúde da Secretaria Estadual de de Saúde.

Em Teixeira de Freitas, foram notificados 09 casos de mortes causadas pelo vírus HIV, sendo elas 08 adultos e 01 criança. Em Porto Seguro, também foram registrados 09 mortes pela doença.

Na lista, tem ainda as cidades de Eunápolis com 06 mortes, Itabela e Nova Viçosa com 01 óbito.

Já no sul da Bahia, a cidade de Ilhéus registrou 12 óbitos, Itabuna 04 e Una 03 mortes.

Salvador, foi a cidade que mais notificou mortes de pessoas aidéticas , com 91 óbitos de adultos e 36 de crianças. Em todo estado, foram notificados 196 mortes de pessoas adultas e 64 óbitos de crianças.